Salvação

Salvação

São Paulo ultimo bastião Atlante contra os Profetas do Trono Superno.

Será que a cabala dos Senhores das Sombras conseguira salvar essa cidade ou irá perecer com ela ?

View
Chegada
Análise da caótica situação do Brasil

Aldo morto, praticamente todo o Brasil resumido a São Paulo. Alguma merda falhou na anacrônica política atlante. Mas o jogo continua e temos que nos adaptar à nova quadra.

São Paulo está a típica panela de pressão velha aguardando o menor defeito no pino para estourar e espalhar a comida pela cozinha toda. Dionísio, dos Olimpianos, o Hierarca de São Paulo e por consequência do Brasil, nos passa a situação (com cerca de 800 magos dando o ar da graça em São Paulo) e pede para que o ajudemos, como ajudávamos Aldo. Não que pareça restar outras opções Racionais.

É marcada a data da formalidade de apresentação (que acho ridícula, mas já me acostumei com elas), nesse meio tempo escolhemos uma residência e adequamos ao nosso grupo. No dia da cerimônia, um fato curioso. Um velho raquítico fica contestando a decisão de Dionísio, que descobrimos depois se tratar de Herr Docter , um maluco que parece ser uma constante nos hierararcados de São Paulo. De qualquer forma, nos enturmamos na Sociedade Paulistana (Brasileira).

Regarder faz uma visita no Ateneu e acaba confrontando socialmente o velho maluco. Aluno diz que os guardiões requisitam nosso profile (nunca duvide do quão previsível a estupidez pode ser) e eu visito Morgana. A própria retribui a visita e nos pede um favor: Ir até Arcádia e resgatar uma aprendiz. Negociamos um preço e aceitamos.

A jornada foi divertida. Encontramos uma Changeling que nos serviu de guia, salvamos uns pirralhos de Feys neuróticos e ajudamos o Feudo Gnomo em sua prodiga expansão de poder. Surpreendeu-me encontrar Athena como Rainha da casas de Ouros praticamente transformada em Fey e seu marido CEO, como um misterioso ex hierarca paulista.

Na volta, na manhã seguinte, um inusitado teleporte de um mago pedindo o rito do Asilo. Pedro, um conterrâneo Brasiliense que teve seus irmãos da Cabala da Mente Inquieta mortos e estava sendo perseguido. Após algumas revistas e perguntas concordamos em fornecer o asilo.

Aluno cria um rápido vínculo de amizade devido a maestria de ambos em Espaço e ao que parece trocam magias. No dia seguinte, uma nova surpresa: Pedro sumiu, deixando para trás um Sino (ring) que já havia apresentado ao grupo como um “artefato na luta contra os profetas”. Junto com ele um verso (a transcrever), o que novamente atiçou nossa curiosidade.

Regarder passava por suas indisposições femininas mensais, e se recusou ao auxílio das esferas de Vida. Então eu me dirigi ao Ateneu e comecei a pesquisar sobre o tal poema e sobre o que diabo poderia vir a ser o sino. Descobri uma lenda antiga do folclore atlante e todo o poema do qual o verso foi copiado (tb a transcrever), o que me fez concluir que o folclore era bem real e tal artefato poderia ser, de fato, valioso em nossa luta para virar o jogo no Brasil.
View

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.